Regulamento

REGULAMENTO

 

O Prêmio Press tem por finalidade destacar os profissionais de comunicação do Rio Grande do Sul, considerados os melhores do ano pelo público, pela classe jornalística e pela sociedade gaúcha como um todo. Isso se dá através de um processo amplo, que envolve três etapas de votação: Voto Profissional, Voto Popular e Júri de Lideranças.

Em 2010, foram incluídas duas categorias que envolvem o trabalho coletivo desses profissionais, quais sejam: Melhor Programa de Rádio do Ano e Melhor Programa de Televisão do Ano. Além dessas, são conferidos troféus individuais em 13 categoria de atuação profissional, quais sejam: Repórter de Rádio, Repórter de Televisão, Repórter de Jornal/Revista, Colunista de Jornal/Revista, Comentarista de Televisão, Comentarista de Rádio, Apresentador de Televisão, Apresentador de Rádio, Jornalista de Web, Repórter Fotográfico, Locutor/Apresentador de Notícias, Jornalista Destaque do Interior e Jornalista do Ano, este considerado o Grand Prix, principal honraria do Prêmio Press.

 

Como funciona a escolha dos vencedores?

No período de 21/09/2010 a 08/11/2010, são registradas indicações livres de nomes de profissionais e programas, nas 15 categorias de premiação, no Voto Popular e no Voto Profissional, exclusivamente através do site da revista Press (www.revistapress.com.br).

Voto Popular. Qualquer pessoa pode dar um voto completo por dia (uma indicação em cada uma das categorias de premiação), sendo necessário informar o número de seu CPF. Só é aceito um voto completo por CPF/dia.

Voto Profissional. Somente jornalistas e radialistas profissionais, devidamente identificados, com numero de registro profissional e órgão de atuação, podem participar, dando um único voto completo durante todo o período de indicações.

Semanalmente, são divulgados resultados parciais sobre os cinco finalistas do Prêmio Press, em cada categoria. Essa relação é formada levando em consideração os 03 (três) nomes mais votados no Voto Profissional e os 02 (dois) mais votados no Voto Popular.

No dia 08/11/2010 se encerrará o período de indicações, e, no dia seguinte, será divulgada a relação definitiva de finalistas do Prêmio Press 2010. Essa lista quíntupla, em cada categoria, será levada a uma terceira e última etapa de votação, a do Juri de Lideranças, que é formado por 30 personalidades convidadas pela revista, entre líderes políticos, empresariais e das entidades de comunicação do estado do Rio Grande do Sul. A essas personalidades é entregue, em envelope fechado, um formulário de votação contendo os nomes dos cinco finalistas, nas 15 categorias de premiação. Esses envelopes são recolhidos e mantidos sob sigilo absoluto pela organização do Prêmio Press e somente são abertos no dia da festa de premiação, marcada neste ano para 29/11, quando seus votos serão computados. O finalista mais votado, em números absolutos, por esse Juri de Lideranças, será o vencedor do troféu de Melhor do Ano na categoria em que concorre. No caso de haver empate entre dois ou mais finalistas nesta etapa, serão conferidos tantos troféus quantos empates vierem a ocorrer.

Para garantir o sigilo de votação, tanto do Voto Profissional, quanto do voto dado pelo Juri de Lideranças, não são divulgados números individuais de indicações, apenas o número total.

O sistema de indicações, via site da revista, foi programado de forma a coibir o uso de softwares-robôs para votações. Eventuais casos são identificados e as indicações desconsideradas. Igualmente, votos duplos na modalidade Profissional, são identificados e considerado apenas o primeiro voto dado.



Clique aqui para voltar para a página inicial